20/08/2018 às 13:00 Bate-papo

Decidi Parar!

480
3min de leitura

Decidi Parar! Essa vida da fotografia não é pra mim não.Vou chutar o balde!Acredito que estou perdendo tempo.É impossível você chegar ao nível dos fotógrafos em quem se inspira.Sim, essas são minhas palavras!😞Essas foram todas as vozes que gritaram dentro de mim.Me vi em um estado de congelamento.Não tive vontade de produzir, de postar - se reparar, dei uma desaparecida das redes sociais - e muito menos abrir o PC pra fazer qualquer coisa relacionada a esse mundo Fotográfico.Quando admiramos o trabalho de alguém que conhecemos apenas pela internet e o acompanhamos diariamente, isso nos dá uma ideia de que eles são imbatíveis.Não sentem medo;Não pensam em desistir;Não passam por apuros;Acertam em tudo que fazem;E muito menos têm tempo de entrar em um "bad vibes".Tudo isso baseado "nas redes sociais e sua ideia de vida perfeita."Até porque já passamos por tantas dificuldades no nosso cotidiano, porque não expormos apenas coisas boas? Porém esse mundo perfeito é uma ilusão!Os profissionais em quem nos espelhamos são gente como a gente, ou seja, eles também passam por "dias nublados". 

a

a

a

a

Primeiramente, gostaria de agradecer a todos esses profissionais: Ingrid Wellida, Gabriel Molon, Vanessa Karla, Lucas Pinhel e Guilherme Rossi.

Obrigado pela atenção e carinho em ter parado seus afazeres para me dar atenção.

Se você gosta muito do trabalho de um fotografo, não se prive não. Comente, curta, porque sua opinião pode mudar uma trajetória. 

Após me deparar com todos esses depoimentos de fotógrafos que são minhas referencias, foi aí que tive mais ainda o incentivo para decidir parar

Decidi parar de me limitar e de tentar comparar o meu olhar. 

Decidi parar de ouvir quem só quer me desmotivar e de enquadrar minhas criações em um padrão.

Decidi parar de me sabotar e de me tornar menor e principalmente de matar os meus sonhos!

O que é belo na vida de quem trabalha com arte é a percepção exclusiva de cada artista e sua forma única de mostrar o belo.

Sabe porque não desistirei da fotografia, mesmo em dias chuvosos e turbulentos ?

Porque é isso que amo!Porque é fazendo fotos que me sinto magnífico!Porque é fotografando que me transporto a um lugar onde não existe problemas!Porque é na fotografia que eu descubro cada dia mais quem eu sou!Eu sou grato a esses profissionais que se mostram humanos, porque assim diminuem o fardo que eu mesmo coloquei sobre mim e me  mostrou que passar por fazes conflitantes é normal.Também não posso esquecer dos comentários e mensagens que me mandam elogiando meu trabalho, isso é importante para qualquer profissional.Mas não veja isso como uma forma de massagear o nosso ego, isso serve de combustível para que possamos decolar cada vez mais alto; para que possamos entendê-los e também serve como um arsenal de motivação.Quando alguém quem tem mais experiência e se mostra humilde, empático, honesto...isso influencia diretamente nas pessoas que os seguem, gerando assim, uma cadeia do bem.Que a cada dia possamos ser profissionais que não apenas produziremos uma arte de qualidade, mas que possamos ser influenciadores de uma geração empática.Espero que você que leu até aqui não deixe que as pessoas, ou sua condição financeira ou até mesmo seu eu decida parar você.Você é capaz de coisas grandes!Você tem potencial!Você pode!Espero que esse texto tenha feito bem a você e se quiser fazer amizade ou simplesmente um ouvido pra desabafar é só chamar!

Agora vamos sacudir a poeira e partir para os trabalhos.😃

20 Ago 2018

Decidi Parar!

Comentar
Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Copiar URL

Tags

Desistir Fotografia Gabriel Molon Guii Rossi Ingrid Welida Lucas Pinhel Vanessa Karla

Quem viu também curtiu

02 de Jul de 2018

Qual a importância da fotografia?

03 de Jul de 2018

Como se preparar para um ensaio fotográfico?

17 de Nov de 2018

Invista nos seus sonhos